ATA DA AGE DE 10 DE NOVEMBRO 2011 (continuação)

16 de janeiro de 2013

ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DE 10 DE NOVEMBRO 2011 (continuação)
Dando prosseguimento a AGE de 10/11/2011 que se encontrava em aberto, reuniu-se no 15º dia do mês de Dezembro de 2011 no Condomínio Saens Peña, situado à Rua Dona Maria, nº 71, Tijuca, Rio de Janeiro-RJ, às 20h30min, em segunda e última convocação, conforme Edital de Convocação nº 04-2011, os proprietários dos apartamentos 204A, 605A, 903A, 1003A, 1004A, 1303A, 201B, 403B, 701B, 702B, 802B, 1103B, 1203B, 1204B e 1306B do referido Condomínio, perfazendo um total de 15 (quinze) unidades residenciais. De acordo com lista assinada de freqüência em livro próprio, participantes da presente Assembléia Geral Extraordinária (AGE), para deliberarem sobre os seguintes assuntos:

1- Criação da Comissão de Obras com a finalidade de estudar e sugerir a aplicação e destinação do Fundo de Obras, com elaboração de questionário que será futuramente enviado aos moradores;
2- Apreciação da Minuta do Manual de Procedimentos Administrativos, de acordo com decisão AGE de 12/05/2011;
3- Apreciação e decisão quanto à possibilidade de aquisição do equipamento “Elíptico Moviment” para a sala de musculação com verba existente na conta “Atividade Física-Bicicletário”;
4- Apresentação e Apreciação do Mecanismo de Saída Universal com Sistema Dual Flush Censi;
5- Atualização do valor da Taxa de Utilização do Bicicletário.
6- Assuntos Gerais.

Às 20h30min o Sr. Marco Antonio Cadorna Cervo, Síndico Geral deu inicio à continuação da Assembléia Geral Extraordinária, perguntando se algum condômino era candidato para presidir a AGE e outro para secretariá-la. Como não houve voluntários, a Assembléia decidiu por unanimidade, aceitar o senhor Cadorna (403B) como Presidente e o senhor Luiz Carlos Brasil Pessanha (702B) para secretario. Dando início aos trabalhos, o senhor André 201B, solicitou a inversão da pauta sugerindo iniciar-se pelo item 4 “Apresentação e Apreciação do Mecanismo de Saída Universal com Sistema Dual Flush Censi” sendo a proposta aceita por unanimidade. O Sr. Cadorna informou ter sido procurado pelo morador Évelton (1406B) que tinha sugerido a inclusão do item na pauta, pois o mesmo era proprietário de um apartamento no Catete onde existiam aproximadamente 1000 unidades e que tinha informações de que o sistema era eficiente, reduzindo o consumo de água em aproximadamente 30%.
O senhor Cadorna informa que fez contato com representante da firma CENSI sugerida pelo senhor Évelton e esta informou que o custo aproximado de cada equipamento seria em torno de R$ 70,00 (setenta reais), sendo que a empresa instalaria os primeiros dez equipamentos a título de ensinamento para o pessoal da manutenção do CSP, para que no futuro pudéssemos fazer a instalação por conta própria. O senhor André 201B informou que tinha conversado com um morador e este tinha dito que conhecia um dispositivo similar que custava em torno de R$ 40,00 (quarenta) reais, e que iria perguntá-lo para posteriormente informar a administração do CSP. As senhoras Rita 1103B e Kátia 802B informaram que estavam utilizando um sistema semelhante de “Dual Flush” em suas residências e que o mesmo era bastante eficiente, mas foram obrigadas a trocar os vasos sanitários para poder ficar compatível com o sistema, de modo a obter a eficiência desejada. O sistema com vaso sanitário CELITE mostrou-se mais eficaz.
Sabe-se que na maioria das unidades do CSP os vasos sanitários ainda são originais do prédio, o que poderia fazer com que não obtivéssemos o efeito desejado. Desta forma decidiu-se por unanimidade a aquisição de 14 sistemas Dual Flush para serem instalados nos vasos sanitários dos banheiros do Condomínio como teste, pois os mesmos são similares aos existentes na maioria dos apartamentos. Caso fosse aprovado iniciaríamos a troca dando prioridade aos apartamentos onde residissem mais pessoas e aos banheiros mais utilizados.
Passando-se ao item 1 da pauta: “Criação da Comissão de Obras com a finalidade de estudar e sugerir a aplicação e destinação do Fundo de Obras, com elaboração de questionário que será futuramente enviado aos moradores”; sugeriu-se que fosse mantida a Comissão de Obras que fez a negociação para Reforma das Fachadas (pastilhas). Como a maioria dos membros não estava presente, estes seriam consultados se aceitariam tal incumbência. Foi sugerida a incorporação dos 3 (três) membros do Conselho Consultivo e Fiscal e da senhora Rita (1103B), sendo aprovadas tais sugestões por unanimidade. Decidiu-se ainda por unanimidade, que como as obras necessitariam de 2/3 de aprovação, a AGE permaneceria em aberto.
Dando prosseguimento à reunião, passou-se ao item 2: “Apreciação da Minuta do Manual de Procedimentos Administrativos, de acordo com decisão AGE de 12/05/2011”; Decidiu-se que será enviado um formulário aos moradores para que encaminhem sugestões à Administração até o dia 31 de Janeiro de 2012. Caso sugestões não sejam enviadas; a Minuta que já foi distribuída anteriormente será aprovada. A Administração deverá disponibilizar um e-mail para as sugestões.
No item 3: “Apreciação e decisão quanto à possibilidade de aquisição do equipamento -Elíptico Moviment- para a sala de musculação com verba existente na conta “Atividade Física-Bicicletário”; o síndico senhor Cadorna informou que tinha feito uma pesquisa de mercado e que os equipamentos variavam os preços de R$ 8.000,00 (oito) mil reais até R$ 14.000,00 (quatorze) mil reais. Após intenso debate, colocou-se em votação a compra do equipamento. Sendo 10 (dez) votos contra a aquisição, 3 (três) votos a favor e 1(uma) abstenção.
Seguindo a reunião, passou-se ao item 5: “Atualização do valor da Taxa de Utilização do Bicicletário”; Foi sugerida a criação de um bicicletário onde os moradores tivessem acesso por conta própria, isto é, teriam a chave do bicicletário. Com isto se agilizaria a retirada da bicicleta e não dependeria de funcionário do CSP para abri-lo, pois nem sempre este profissional está prontamente disponível para o atendimento. A Administração do CSP será encarregada de criar esta área, que será fechada e com cadeado, sendo a chave fornecida ao morador, mas não haverá responsabilidade do CSP quanto ao furto de peças, equipamentos ou bicicletas. Quanto à atualização da taxa de utilização do bicicletário várias propostas foram votadas, ficando a apuração da seguinte forma:
Aumento para 0,5% da cota condominial por bicicleta: 1 voto; 0,6% – 3 votos; 0,7% – 5 votos; 1% – 2 votos e 2 abstenções. Desta forma fica aprovado o aumento para 0,7% por bicicleta, que corresponde atualmente a R$ 3,34 (três reais e trinta e quatro centavos).
Finalizando no item 6: “Assuntos Gerais” Foi sugerido que se inclua na pauta da próxima reunião, que não poderá haver retirada temporária da cobrança da taxa de utilização do bicicletário. O sindico senhor Cadorna informou que fez contato com 5 (cinco) empresas de Atividades Físicas com a finalidade de substituir a Active Life, mas que somente duas empresas mandaram propostas, e todas não aceitam trabalhar da forma que vinha sendo feito com a empresa anterior, isto é, só as unidades interessadas é que pagariam a mensalidade. As propostas enviadas colocariam o CSP com a responsabilidade de pagamento do custo total do projeto, sendo o valor rateado por todas as unidades. Na opinião do senhor Cadorna isto seria impraticável, pois não seria justo o custo ser arcado por unidades que não utilizassem as atividades físicas. O tema ficou para ser mais bem estudado e futuramente ser apresentado a Assembléia.
Nada mais sendo a ser tratado o senhor Presidente deu a Assembléia por encerrada, com a observação que fica em aberto o item referente às obras que necessitam da aprovação de 2/3 dos condôminos, e determinando a lavratura da presente Ata que vai por mim, secretário assinado que redigi e pelo senhor Presidente da mesa.

Rio de Janeiro, 16 de Dezembro de 2011

MARCO ANTONIO CADORNA CERVO (403B) LUIZ CARLOS B. PESSANHA (702b)
Presidente da AGE Secretário da AGE

Os comentários estão fechados.